A importância do Pedigree

Quando escolhemos por comprar um gato de raça é de extrema importância comprar um gato que possua pedigree emitido por uma entidade séria, desta maneira você pode ter a certeza de que estará pagando por um gato que realmente é de raça.

O pedigree ao contrário do que muitos dizem não encarece o gato. A emissão de um pedigree custa em média de R$20,00, contando mais a porcentagem do que é pago para o clube pela semestralidade, não chega a passar de R$25,00 por filhote (sem contar as despesas de postagem e avaliação da ninhada por uma avaliador reconhecido pelo clube). O preço de um gato normalmente é determinado pela sua qualidade e não por ter ou deixar de ter o pedigree. Um gato campeão de exposições feitas por entidades consagradas valoriza o seu preço, valorizando assim o preço de seus filhotes e de seus netos. Quanto melhor o gato for, maior é a chance de ganhar prêmios em exposições, tendo maior possibilidade de dar filhotes da mesma qualidade. E todos estes prêmios podem, se requisitado pelo criador, ficar registrados nos pedigrees dos gatos.

Comprovando a pureza do gatinho através do pedigree, você poderá ter a certeza de que com o desenvolvimento do filhote ele terá as diversas características peculiares à raça, não apenas na sua aparência, mas também no seu comportamento. Assim sendo um persa terá sempre a carinha achatada, sendo um ótimo companheiro. Não existe nada mais chato que levar o seu gatinho no veterinário e descobrir que ele é um autêntico vira-lata peludo. Por isso compre sempre de criadores registrados.

De acordo com as normas dos clubes e associações de gatos uma gata persa só pode ser acasalada 2 vezes por ano - mais que duas ninhadas de uma mesma fêmea não podem ser registradas-, o que confere aos filhotes maior saúde e vitalidade e assim a fêmea também consegue manter a sua saúde, já que os persas normalmente tem um parto muito difícil. Existem vendedores de gato que tiram até 4 crias por ano, normalmente pessoas que vendem por dinheito, e com isso a saúde dos filhotes e da fêmea fica óbviamente prejudicada. O pedigree faz parte de uma criação séria, desconfie de vendedores que vendem com ou sem pedigree, pois pelas regras dos clubes, os criadores registrados devem sempre e somente vender gatos com pedigree. Denuncie estes criadores para o clube pelo qual ele está registrado.

Uma outra diferenciação que criadores registrados possuem é o cuidado com as linhas de sangue dos gatos. Gatos que transmitem problemas de saúde ou defeitos genéticos, deverão ser castrados, não sendo mais autorizada a sua reprodução.

Os gatos registrados possuem um registro de sua linhagem há pelo menos 4 gerações, que são cadastrados no Livro de Origem (LO). Isto permite um estudo genético das cores, de doenças, de padrões, etc..

Além de todas estas vantagens de se ter um gato com pedigree, este também é um documento que atesta a propriedade do gato, como um documento de carro por exemplo. Portanto se você adquirir um gatinho Persa, não deixe de fazer a transfêrencia do pedigree para o seu nome. Informe-se com seu criador o procedimento para transferência.


Criação de Sites - Artweb